Três maneiras de melhorar a conversão em loja

Artigo
por ShopperTrak Editors on 30-09-14

Em uma postagem recente, intitulada Back to School Traffic Patterns Vary by Region [Padrões de tráfego na volta às aulas variam de região a região], apontamos que as flutuações de tráfego por semana em agosto estavam relacionadas ao começo do ano letivo no Hemisfério Norte, com pico de tráfego na semana anterior ao início das aulas. Também observamos outro fenômeno comum: quando o tráfego aumentou, a conversão e o valor médio por transação caíram.

As duas primeiras semanas de agosto tiveram mais tráfego que as duas últimas: 51,8% a 48,2% do total. A conversão, no entanto, foi 160 pontos base mais baixa do que na segunda metade do mês, quando o tráfego foi de apenas 48,2% do total de agosto. O valor médio por transação também foi quase 4% menor durante o período de maior tráfego.

Para varejistas que monitoram tráfego, conversão em loja e valor médio por transação, essa informação não é surpresa alguma. Durante períodos de muito tráfego, é bem provável que a experiência de compras seja afetada. O chão de loja pode ficar desorganizado e desfalcado em termos de estoque, fazendo com que o consumidor tenha mais dificuldade para encontrar produtos. Os associados de vendas ficam mais ocupados e menos disponíveis para interagir com cada um dos clientes, e as filas no caixa tendem a ser maiores.

Mas não precisa ser sempre assim. Apresentamos aqui três maneiras para evitar a conjunção alto tráfego/baixa conversão em loja/baixo valor por transação.

  • Monitore o desempenho de loja em tempo real para garantir que todos estejam a postos quando houver um aumento no volume de clientes. Às vezes, um pico de tráfego pode acontecer de uma hora para outra. Ao monitorar o tráfego, a conversão e o valor médio por transação em tempo real, você fica sabendo na hora caso aconteça um fluxo maior de clientes e pode se adaptar para evitar uma queda na quantidade e na qualidade das vendas.
  • Treine seus associados para interagir com todos os consumidores, mesmo que já estejam atendendo um cliente. Às vezes, um simples “olá, fique à vontade para ver o que quiser, daqui a pouco eu venho atender você” pode fazer a diferença entre uma compra ou alguém que sai de mãos abanando. A chave para o sucesso no varejo em momentos de muito movimento é preparar sua equipe para lidar com vários clientes ao mesmo tempo.
  • Implemente um sistema de gerenciamento de filas para garantir que sempre haja caixas suficientes para atender os compradores. Quando as filas são longas demais, muitos clientes acabam largando as cestas de compras e saem sem adquirir nada. Ao entender quanto tempo dura o processo de pagamento e direcionar o número correto de funcionários para os caixas, você pode evitar o abandono de compra e aumentar a conversão na sua loja.

Varejistas que conseguem descobrir como ser bem sucedidos nos momentos de maiores oportunidades de tráfego conseguem aumentar o faturamento e deixar os consumidores felizes, uma situação em que todos ganham.

Quer melhorar o desempenho da sua empresa?

Clique abaixo e descubra como.

Comece hoje
Leia mais publicações de ShopperTrak Editors